1 de agosto de 2017 betel

7 Dicas para gastar menos na construção da sua casa própria

Realizar a construção da casa própria é uma das experiências mais felizes para a maioria das famílias. Ter um espaço todo feito de acordo com o sonho dos moradores e poder, finalmente, sair do aluguel traz uma grande sensação de liberdade. Porém, esse projeto pode sair muito caro se não for bem organizado. Pensando nisso, esse artigo traz as melhores dicas para definir gastos e economizar na sua obra.

1) Faça o orçamento

Não tenha pressa para investir seu dinheiro na primeira loja que aparecer. Aproveite e ande bastante pela cidade e utilize a internet para ver os materiais e objetos que gostaria de ter em sua casa. Qualquer mudança feita no meio da construção pode gerar um grande gasto.

Lembre de ficar atento a todos os valores que serão somados nesse projeto, desde a parte elétrica, hidráulica, os impostos, a mão-de-obra, os materiais até o projeto arquitetônico. Planeje cada detalhe para não ter surpresas depois.

blog-img-1

2) Evite trabalhar com horária

O trabalho dos pedreiros pago por horas é um dos mais comuns, porém isso pode acabar gerando um gasto desnecessário. Dependendo da honestidade do profissional, ele pode enrolar além do que o necessário apenas para receber algumas horas a mais e, mesmo que não seja uma escolha do pedreiro, pode haver imprevistos que atrasem a obra. O ideal é trabalhar um valor fixo pela construção total.

3) Atente aos profissionais que trabalharão na sua obra

Sempre peça indicações e confira as referências antes de fechar o negócio. Converse bastante com o profissional e veja se as ideias e forma de trabalho estão de acordo com o que você busca.

Se você trabalhar com uma construtora, sua preocupação será ter reuniões constantes para verificar se a obra está indo bem. Porém se você fará a contratação da mão de obra, tenha em mente a definição de prazos e metas e quanto gastará em material, isso é muito importante para que não haja atrasos ou gastos desnecessários no seu projeto.

blog-img-2

4) Pense na contratação de um arquiteto ou engenheiro

Mesmo que seu capital seja limitado, contratar um especialista é uma forma de dar agilidade e eficiência para sua obra. É bom lembrar que um projeto mal executado pode por em risco a sua vida e a vida da sua família. O investimento que você faz hoje pode evitar muitos problemas futuros.

5) Chame os amigos para ajudar

Uma opção para economizar na contratação de pessoal é fazer você mesmo as etapas mais fáceis, como pintar a casa. Chame seus amigos ou um parente que tenha mais jeito com isso e faça a pintura durante o final de semana. Aproveite para convidar o pessoal que ajudou para o almoço. Você economiza e ainda faz um evento social!

blog-img-3

6) O barato sai caro

Apesar de estarmos falando em economia e redução de gastos, uma grande dica é que nem sempre o material mais barato é o mais barato ao longo do tempo. O material de qualidade inferior fica deteriorado com maior rapidez e exige manutenção constante, já outro mais caro, porém com maior durabilidade pode evitar dores de cabeça por muitos anos.

Pesquise, visite lojas e peça opinião dos profissionais sobre o que deve usar. Um piso mais áspero é ideal para o quintal, mas talvez não seja o que você busca para o design interior. Granitos e Mármores podem sair mais baratos de acordo com a pedra que for escolhida, porém podem ser mais frágeis e ficar longe do acabamento que você deseja.

7) Pense em sustentabilidade
Lâmpadas LED, aquecimento solar, mecanismo de reaproveitamento da água utilizada, fiação estratégica (de forma a não ter que quebrar a parede caso haja algum problema), torneiras que não desperdiçam água e materiais sustentáveis em geral são investimentos que geram uma grande economia em longo prazo. Mesmo que a imediato saiam num valor mais alto, você verá a diferença no decorrer do tempo. Faça uma pesquisa materiais sustentáveis e mecanismo de economia para sua casa e coloque em sua obra, você vai agradecer daqui a alguns anos.

blog-img-4

Com essas dicas você já pode começar seu planejamento sem erros. E então, animado para coloca em prática o projeto da casa própria?

Você também pode gostar