20 de fevereiro de 2018 betel

5 mitos sobre reformas: Desmistificados

Apesar do desenvolvimento tecnológico e da profissionalização, muitas obras ainda são operadas por leigos no assunto, substituindo arquitetos e engenheiros. Com isso, quando se está para fazer uma construção é comum que surjam vários equívocos e mitos sobre reformas.

Porém é importante desmistificar essas questões. Para não deixar você na dúvida, separamos os 5 principais enganos nas construções. Confira!

 

  1. As paredes mais grossas são as mais resistentes

Esse é um grande mito. Isso porque a profundidade de uma parede não indica que ela possui mais firmeza. O que determina a qualidade de uma parede é o material de que ele foi feita. Outros fatores que influenciam são: densidade e altura do construto. Ou seja, sua composição.

  1. Qualquer parede pode ser derrubada

Se sua casa for estruturada por vigas e pilares, as paredes acabam sendo apenas divisórias e não há muito problemas em derrubá-las. Porém, algumas delas podem estar sustentando ou apoiando o edifício. Elas suportam o peso estrutural da construção em si. Logo, não devem ser demolidas ou podem comprometer toda a estrutura do imóvel.

  1. Reparos simples podem consertar fechaduras e trincas

Esse é outro grande mito durante a reforma. Esses episódios podem acabar sendo algo mais grave, como a má aplicação de revestimento ou uma infiltração. Com isso, se você observar alguma fissura na parede, não use paliativos. Mesmo que algumas rachaduras possam ser superficiais, isso não acontece em todas as ocorrências. O indicado é procurar um arquiteto ou um engenheiro para fazer uma avaliação profissional do caso.

  1. O mestre de obras pode substituir os arquitetos e engenheiros

O mestre de obras conhece os materiais que serão utilizados, verifica se eles estão sendo utilizados da forma correta e sabe quais os passos que serão tomados durante a construção. Porém, apesar desse profissional poder supervisionar o progresso de toda a obra, ele não deve ser o único responsável. Sendo assim, não pense apenas em cortar gastos. Contratar um arquiteto ou engenheiro é uma forma de garantir mais qualidade e segurança em sua reforma. Essa medida acabará evitando gastos em longo prazo e também o desperdício dos materiais. Essas despesas acabam, no fim, sendo muito mais altas do que o valor da contratação desses profissionais.

  1. O descarte correto de materiais apenas deve ser observado em obras grandes

Outro mito é que apenas em obras de grande proporção deve haver a preocupação com os materiais que restam. Contudo, já estão em vigor legislações específicas sobre o descarte correto dos objetos utilizados nas construções. As prefeituras indicam que toda obra deve ter a eliminação dos resquícios de forma certa, independentemente de serem grandes ou pequenas reformas. Inclusive, multas e penas podem ser aplicadas caso não seja realizado o procedimento corretamente.

Para a sua reforma sair do papel

Agora que você já sabe quais são os 5 mitos sobre reformas mais comuns, é hora de tirar aquele projeto do papel. Não deixe de melhorar sua casa e oferecer mais conforto para sua família.

E se quer ter uma reforma mais tranquila, que tal conferir nossos serviços de gestão e execução de obras?

Você também pode gostar